Sobre Profilaxia

Os rituais diários de higiene bucal com escovação e uso de fio dental, como todos já sabem, são essenciais para a saúde da boca. Mas junto com esses cuidados rotineiros, é preciso também realizar a profilaxia dentária.  Popularmente conhecida como limpeza, é esse tratamento que vai garantir a retirada total de tártaros e da placa bacteriana que, mesmo com a escovação adequada, não são totalmente removidos e, a longo prazo, podem comprometer os dentes. É justamente por isso que a profilaxia é uma importante aliada na prevenção de doenças periodontais e gengivite, evitando problemas futuros.  O tratamento deve ser feito, em média, a cada seis meses, de acordo com a orientação do dentista. Trata-se de um procedimento rápido e indolor, que permite a higienização dente por dente, além da limpeza da gengiva.  Para isso, primeiramente é feita a remoção do tártaro com um aparelho de ultrassom. Em seguida, o dentista faz a raspagem dos dentes para refinar a limpeza. A próxima etapa é o polimento: com auxílio de escovas, o dentista vai polir a superfície dos dentes. Para finalizar, é aplicado o flúor para prevenir a formação de cáries. 

Importância da profilaxia

Ao aliar os hábitos diários de higiene bucal à profilaxia, o paciente garante um sorriso mais saudável e evita a complicação de doenças como as cáries, já que com a visita regular ao consultório é possível identificar eventuais problemas logo no início.

Além disso, a limpeza feita pelo dentista proporciona:

  • Maior proteção contra tártaros e acúmulo de placa bacteriana;
  • Dentes ainda mais limpos e livre de manchas;
  • Menor risco de desenvolver doenças como gengivite; 
  • Combate ao mau hálito.

fundo azul fundo azul
Agende sua consulta GRATUITA com o especialista Dr. Bruno Miri pelo whatsapp ou telefone logo abaixo.
×

Clique aqui e agende sua consulta personalizada!