Seg à Sex das 08h00 às 12h00 | 14h00 às 19h00

Mitos e verdades sobre os dentes do siso

É preciso extrair os dentes do siso? O procedimento causa dor? Existe idade ideal para tirá-los? Saiba mais dos mitos e verdades sobre os dentes do siso ou terceiros molares, popularmente conhecidos como dentes do juízo.

Eles são popularmente conhecidos como dentes do  juízo (siso, em latim) porque aparecem tardiamente, entre os 16 e 21 anos. Os terceiros molares eram responsáveis por ajudar na mastigação, mas ao longo de muitos anos perderam sua função e agora ficam escondidinhos no fundo da nossa boca. Eles só são lembrados quando começam a nascer e causar incômodo. 

Mas afinal, eles devem ser extraídos? O procedimento causa muita dor? 

Confira mitos e verdades sobre os dentes do siso:

"TODO MUNDO TEM OS DENTES DO SISO" 

Mito – É raro, mas eles podem nunca nascer em algumas pessoas. Em outros casos, podem ficar escondidos sob a gengiva e apenas uma radiografia poderá identificá-los. 

"ELES SEMPRE PRECISAM SER EXTRAÍDOS" 

Mito – Existem  pessoas com espaço o suficiente na boca para acomodar os quatro dentes sem causar problemas para a arcada dentária. Neste caso, a remoção não é necessária. Quem vai orientar se o procedimento deve ser feito, ou não, é o seu dentista. 

“A falta de espaço e a dificuldade de higienização são os principais motivos para retirar os sisos. Podemos também citar a indicação ortodôntica e reabsorção das raízes dos dentes vizinhos como outros motivos para indicarmos a extração. Com o auxílio de tomografias temos facilitado o diagnóstico e indicações mais precisas”, comenta o cirurgião-dentista da Dental Co,  Bruno Miri. 

"EXISTE IDADE IDEAL PARA RETIRÁ-LOS?" 

Verdade – Os profissionais recomendam os dentes do siso sejam extraídos antes dos 30 anos. Depois dessa idade, a raiz se calcifica e o procedimento fica mais difícil, podendo gerar complicações. 

“O que sabemos é que quanto mais jovem, menos calcificado está o osso, gerando menor trauma cirúrgico e um melhor pós-operatório. É muito importante uma avaliação minuciosa da saúde geral do paciente” destaca Dr. Bruno. 

Além disso, o especialista explica que, normalmente, o procedimento é feito em duas cirurgias, extraindo dois sisos do mesmo lado de cada vez. Mas também é possível extraí-los em uma única cirurgia quando indicado. 

"A CIRURGIA DÓI MUITO?" 

Mito – Durante o procedimento, a anestesia impede que o paciente sinta dor. Para prevenir ou amenizar o incômodo após a cirurgia, são receitados analgésicos. O pós-operatório depende da maneira como o dente foi retirado. Um profissional habilidoso consegue evitar que o paciente sinta dores fortes e a recuperação ocorre de maneira mais rápida, mas é normal haver um pequeno desconforto que dura cerca de três dias. 

"ELES PODEM SER RETIRADOS ANTES DE NASCEREM" 

Verdade – Os sisos podem ser extraídos antes de apontarem na gengiva. O cirurgião-dentista indicará, por meio de radiografia ou tomografia, se o procedimento pode ou não ser feito.

Ficou com alguma dúvida dos mitos e verdades sobre os dentes do siso? Entre em contato.